01 abril 2013

O que é relaxamento??


Tá querendo reduzir o volume da juba ou alisar de vez?? Vem comigo que te explico como e qual o método mais seguro de se usar. É o tioglicolato de amônia. Reduz o volume e acalma os fios rebeldes e modela os cachos relaxando os cabelos proporcionando um resultado perfeitamente natural. Elaborado com manteiga de karité, manteiga de tucumã e manteiga de cupuaçu que tomam os cabelos hidratados, macios e sedosos, enriquecido com aminoácidos de queratina que penetram no fio reduzindo a porosidade e aumentando a resistência da fibra capilar. Indicado para cabelos ondulados e fáceis de alisar. O processo de relaxamento capilar da E Cosmetics Salon é composto por duas fases: relaxamento e neutralização, e é responsável pela fixação do novo formato dado aos fios, além de interromper a ação do tioglicolato.


(texto retirado do site www.belezaterapia.wordpress.com)
Vamos partir do princípio que ligações químicas são uniões estabelecidas entre os átomos, para sustentar a formação das moléculas. O cabelo é constituído, basicamente, de uma proteína: a alfa-queratina. As queratinas (alfa e beta) são, também, constituintes de outras partes de animais, como unhas, a seda, bicos de aves, chifres, pelos, cascos, espinhos (do porco-espinho), entre outros. Em cada fio de cabelo, milhares de cadeias de alfa-queratina estão entrelaçadas em uma forma espiral, sob a forma de placas que se sobrepõem, resultando em um longo e fino “cordão” proteico. Estas proteínas interagem fortemente entre si, por várias maneiras, resultando na forma característica de cada cabelo: liso, enrolado, ondulado, etc.
Para fazermos uma “química” no cabelo, é necessário  mexermos na estrutura deste fio, mudarmos estas uniões e para que isto aconteça é preciso abrirmos as cutículas e penetrarmos no interior deste fio onde são feitas todas as transformações químicas.
Com a evolução tecnológica, hoje é possível que se faça mais de uma química no mesmo processo, ou seja, se você abriu esta cutícula, neste processo você poderá relaxar, descolorir e pintar estes fios e fechar esta abertura. Como em uma cirurgia, este procedimento levará um tempo para “cicatrizar” e se curar (processo de homeostase). Precisará de cuidados especiais com produtos específicos para se recuperar e também de um tempo entre um procedimento e outro. Como numa cirurgia, quando sua cliente voltar para novos procedimentos, o cabelo dela terá que passar por uma avaliação (teste de mecha) para saber se ele “aguenta”nova química.
Os procedimentos químicos dão errado por dois motivos:

Má avaliação: Do cabelo, do processo, do produto a ser usado. Um cabelo danificado, com as escamas totalmente abertas não resistirá a certos tipos de química.
Má aplicação: Cada empresa desenvolve o produto de uma maneira e tem suas peculiaridades. Não é verdade que o processo seja igual para todos os produtos, mesmo que eles contenham os mesmos princípios ativos. Existem variações de tempo, quantidade, tecnologia e vários outros fatores que devem ser levados em consideração. Um exemplo simples: produtos desenvolvidos para cabelos Europeus, vocês acreditam que tem o mesmo efeito em cabelos Latinos?
Para um perfeito resultado vamos relacionar uma sequencia de como proceder:
1) Foi feita a química. Foi tratado para fechar as cutículas. O cabelo necessita de quatro dias para se recompor. Durante este tempo é essencial que nada seja feito neste cabelo, inclusive lavar.
2) No quarto dia sua cliente vai tratar (medicar) este cabelo com um produto específico para o procedimento que foi feito. Se for repor água ou lipídeos. Só quem sabe isto é o profissional de beleza, por isso é importante que você  cabeleireiro esteja apto para orientar sua cliente a vir fazer  isso no salão.
3) Em casa sua cliente deve continuar o tratamento. De nada adianta se depois de tudo o que foi feito ela usar um produto que nada tem a ver com o que  cabelo dela precisa.
4) O tempo entre duas químicas não pode ser menor que noventa dias. É preciso respeitar o tempo de cicatrização deste fio.
Pronto. Cabelos lindos , saudáveis e resistentes.


Eu posso falar do que eu conheço. A linha produtos de salão Max Control foi desenvolvida pela Ecosmetics para o tipo de cabelo das Brasileiras e tem na sua linha, desde os produtos para relaxamento,  ( Hidróxidos de sódio e guanidina e Tioglicolato de amônia), passando pela linha de tratamento pós química, até a linha de manutenção. Esta linha pode ser usada sim, no mesmo processo, com outros produtos da empresa como exemplo, pó descolorante, água oxigenada e colorações.

Um comentário:

  1. Eu postei um comentário mas deu problema aqui,me desculpe se for repetitivo.Tenho algumas duvidas!
    1.Para fechar a cutícula do cabelo após o relaxamento posso fazer uma cauterização? uma selagem térmica?2.Qual a sequencia para pintar esse cabelo ou descolori-lo,antes ou depois do relaxamento?Qual o procedimento que devo realizar esse relaxamento em um cabelo poroso?

    Obrigada flor!bjinhos

    ResponderExcluir

Fala gata!!!

Loading...
© Conversas de salão - 2016. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Cute Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo